Dr. Antonio Souza | Urologista

Tratamentos

Cirurgia de Fimose
fimose-gettyFimose é a dificuldade ou até impossibilidade de expor a glande, ou cabeça do pênis, porque o prepúcio (prega de pele que envolve a glande) estreita a passagem.

Nos primeiros meses de vida, existe uma aderência natural do prepúcio à glande. Porém, até os três anos, essa aderência desaparece na grande maioria dos meninos.

Vale a pena lembrar que muitos adultos possuem um prepúcio muito exuberante que mantém o pênis úmido e abafado, favorecendo o surgimento de fungos, o que chamamos de postite. Esse quadro traz dificuldades para o próprio paciente e também para a sua parceira. Em muitos desses casos também é aconselhável a cirurgia (postectomia ou circuncisão) .

 

 

 

Causas

As principais causas da fimose são assaduras e cicatrizes que retraem a pele, deixando o anel do prepúcio mais estreito. Falta de higiene peniana adequada pode ser responsável pela incidência de inflamações ou infecções que deixam a abertura do prepúcio mais estreita.

 

Prevenção

A higiene local é a melhor maneira de prevenir a fimose, evitando assim as postites (infecção ou inflamação do prepúcio).

Exercícios, massagens ou o uso de cremes deve ser feito sob à orientação de um profissional urologista.

 

Tratamento

Não ocorrendo naturalmente o descolamento do prepúcio na primeira infância, poderá ser necessário o tratamento cirúrgico.

O procedimento cirúrgico (postectomia ou circuncisão) consiste na retirada da quantidade certa de prepúcio, o suficiente para deixar a glande descoberta.

 

Recomendações

* Procure realizar a higiene do pênis com atenção e cuidado;

* Trate as assaduras que por ventura ocorram na glande e no prepúcio para evitar infecções e cicatrizes;

* Leve seu filho ao médico, ao primeiro sinal de inflamação ou infecção na cabeça do pênis e/ou na pele que a recobre;

* O seu Médico Urologista vai orientá-lo quanto ao melhor tratamento e orientações.

 
feito com
icone criação de sites
Google